Como o LTV impacta o Marketing Médico

A Fórmula do Sucesso: Como o LTV Transforma o Marketing Médico

Você já parou para pensar no valor dos seus pacientes? No mundo do marketing médico, existe uma métrica fundamental que está intimamente ligada a essa questão: o Valor do Tempo de Vida do Paciente, ou LTV (sigla em inglês para Lifetime Value).

Mas afinal, o que é o LTV? Essa métrica refere-se ao valor financeiro que um paciente pode gerar ao longo de toda a sua vida enquanto é atendido por uma clínica ou prestador de serviços médicos. É uma medida que vai além do simples custo de um tratamento ou consulta, pois considera as contribuições passadas e futuras que o paciente pode fazer para a clínica.

Esse importante conceito do marketing médico possibilita que as clínicas direcionem seus esforços para aquisição e retenção de pacientes, ao mesmo tempo em que otimizam suas estratégias de marketing e vendas.

Por que o LTV do paciente é importante para as clínicas médicas?

Ajuda a determinar o valor de um paciente: ao compreender o valor monetário de cada paciente, as clínicas podem direcionar seus esforços para atrair e reter pacientes de alto valor, em vez de dispersar recursos em pacientes com baixo LTV.

Orienta estratégias de marketing e vendas: o conhecimento do LTV orienta as estratégias de marketing e vendas, permitindo que as clínicas personalizem suas abordagens para maximizar a receita.

Melhora a retenção de pacientes: entender o LTV de um paciente ajuda as clínicas a se concentrarem na retenção de seus pacientes com alto LTV. Isso permite que as clínicas invistam em programas de engajamento de pacientes, mantendo aqueles com alto LTV engajados e retornando regularmente.

Otimiza a alocação de recursos: em termos de alocação de recursos, o conhecimento do LTV permite que as clínicas façam escolhas estratégicas. Por exemplo, ao identificar os pacientes com alto LTV, podem direcionar seus recursos para programas de aquisição direcionados a esse grupo específico. Isso significa investir onde há maior potencial de retorno, em vez de desperdiçar recursos em pacientes com baixo LTV.

Fatores que impactam o LTV do paciente

Frequência de visitas: a frequência de visitas que um paciente faz à clínica é um fator importante que afeta seu LTV. Assim, quanto mais frequentemente um paciente visitar a clínica, maior será seu LTV.

Receita média por visita: a receita média por visita também é um fator que impacta o LTV. Dessa forma, quanto maior a receita média por visita, maior será o LTV.

Tempo como paciente: o tempo que um paciente permanece como paciente na clínica também é um fator que impacta o LTV. Quanto mais tempo um paciente permanecer como paciente na clínica, maior será seu LTV.

Custo de aquisição de cliente (CAC): o custo de aquisição de um novo paciente também é um fator que impacta o LTV. Quanto maior o custo de aquisição de um novo paciente, menor será o LTV. 

Para conferir o artigo completo do nosso blog sobre Custo de Aquisição de Cliente, clique aqui.

Como calcular o LTV do paciente

A fórmula é simples: multiplique a receita média por paciente pelo número de anos que se espera que ele permaneça como paciente na clínica. 

No entanto, é crucial lembrar que o LTV é uma previsão e não uma garantia absoluta, pois fatores como a saúde do paciente, a concorrência e as mudanças no mercado podem afetar o resultado final.

Por fim, o LTV do paciente é uma métrica essencial para clínicas médicas, permitindo uma abordagem estratégica na aquisição e retenção de pacientes. Ao considerar os fatores que afetam o LTV, as clínicas podem otimizar suas operações e garantir um relacionamento de longo prazo com seus pacientes, resultando em um valor significativo para ambas as partes.

Se você busca os serviços de especialistas em marketing médico, entre em contato conosco.

Mais Recentes

EvidênciaMed Todos os direitos reservados