Médico pode fazer propaganda?

médico pode fazer propaganda

A resposta é: sim! O médico pode fazer propaganda sim, porém, não da mesma forma que outros setores, pois apresenta uma série de desafios éticos que os médicos devem superar. 

Por isso, discutiremos a importância da ética no marketing médico, garantindo que suas ações de marketing estejam em conformidade com as normas do CFM.

E então, o médico pode fazer propaganda?

Primeiramente, é importante entender que o médico não é um comerciante.

Portanto, ao invés de vender algo, a publicidade médica tem o objetivo de evidenciar a figura do profissional como um expert, bem como a divulgação da especialidade e local que o médico atende, pois como um paciente se consultará com você se ele não sabe da sua existência?

Enfim, é o famoso ‘’quem não é visto, não é lembrado’’.

Confira nosso artigo sobre o sucesso no marketing médico!

Marketing médico: ética e CFM

O marketing digital para médicos é crucial para que as pessoas saibam com quem se consultar em determinado local.  

No entanto, esta prática levanta questões éticas específicas estabelecidas pelo Conselho Federal de Medicina (CFM).

Conheça os principais pontos:

  • O CFM proíbe, estritamente, a divulgação de preços e descontos;
  • O CFM caracteriza fotos de “antes x depois” como autopromoção, por isso, elas também as proíbem.
  • A divulgação do CRM nos canais é obrigatório;
  • É permitido o anúncio de sua especialização, porém, apenas se esta for reconhecida e registrada no Conselho Regional de Medicina.

Por onde começar?

Primeiramente, é essencial conhecer integralmente o Manual de Publicidade Médica, criado e fiscalizado pelo CFM. Afinal, existem algumas normas nas entrelinhas que às vezes nem imaginamos!

Mas é importante reconhecer que faz parte da cultura da EvidênciaMed conhecer, de A a Z, este manual, então se você procura confiar as suas mídias em alguém, nós podemos te ajudar! Entre em contato.

Mais Recentes

EvidênciaMed Todos os direitos reservados