Você sabe o que é link building? Descubra a importância dessa estratégia!

Você sabe o que é link building? Descubra a importância dessa estratégia!

Você sabe o que é link building? Imagine que você está navegando na internet em busca de informações sobre o melhor ortopedista da sua cidade. Você encontra dois artigos diferentes.

O primeiro tem diversas recomendações de médicos, todas apoiadas por links para websites que comprovam a qualidade do serviço deles. 

Já o segundo artigo, embora igualmente informativo, não possui nenhum link externo para validar suas recomendações. Você confiaria mais nas sugestões do primeiro ou do segundo artigo? Provavelmente do primeiro.

Essa dinâmica exemplifica o que é link building no contexto do SEO. E neste artigo, exploraremos em detalhes por que os links são tão importantes e quais são as principais técnicas para construí-los. Boa leitura!

O que é Link Building?

Link building é uma técnica de SEO (Search Engine Optimization) que envolve a obtenção de hyperlinks de outros sites para o seu próprio. 

Um hyperlink, ou link, é um elemento de hipertexto que permite aos usuários navegar de uma página da web para outra. Os motores de busca, como o Google, usam esses links para rastrear a web, indexar páginas e determinar a relevância e a autoridade de um site.

Os motores de busca utilizam algoritmos complexos para decidir quais páginas devem ser exibidas em resposta a uma consulta de pesquisa. Um dos fatores mais influentes nesses algoritmos é a quantidade e a qualidade dos links que apontam para um site.

Quando um site relevante e confiável linka para o seu, isso é visto como um voto de confiança, indicando que o seu conteúdo é valioso e digno de ser compartilhado.

Por que links são importantes?

Eles são um dos principais fatores que os motores de busca usam para determinar a relevância e a autoridade de uma página. E motivos não faltam para serem tão importantes. Abaixo vamos mostrar os principais deles.

1. Índice e rastreamento

Os motores de busca utilizam links para descobrir novas páginas e indexar o conteúdo da web. Quando os bots de busca encontram um link em uma página, eles seguem esse link para rastrear e indexar a página de destino.

Sem links, os motores de busca teriam dificuldade em encontrar e indexar todas as páginas disponíveis na web.

2. Autoridade e relevância

Os links são considerados votos de confiança. Quando um site conhecido por ter grande autoridade linka para o seu, ele está essencialmente dizendo aos motores de busca que seu conteúdo é confiável e relevante. 

A quantidade e a qualidade desses votos influenciam diretamente a autoridade e a relevância percebida do seu site, o que afeta sua classificação nos resultados de busca.

3. Tráfego de referência

Links de outros sites também podem gerar tráfego de referência, direcionando visitantes diretamente para o seu site. Esse tráfego pode ser extremamente valioso, especialmente se vier de sites relevantes e populares em seu nicho. 

Tráfego de referência qualificado tende a ter uma taxa de conversão mais alta, pois esses visitantes já têm interesse no tema abordado.

4. Relacionamento e networking

A construção de links geralmente envolve o estabelecimento de relacionamentos com outros proprietários de sites, blogueiros e influenciadores. 

Esses relacionamentos podem levar a futuras colaborações, oportunidades de guest blogging e outras formas de cooperação que beneficiam ambas as partes. 

5. Melhoria do SEO on-page

Os links internos também são importantes. Eles ajudam a distribuir o “link juice” ou autoridade dentro do seu próprio site, melhorando a classificação de páginas específicas. 

Além disso, links internos bem estruturados melhoram a navegabilidade do site e a experiência do usuário, facilitando o acesso ao conteúdo mais relevante.

6. Algoritmos de busca e atualizações

Os algoritmos dos motores de busca são constantemente atualizados para combater manipulações e melhorar a relevância dos resultados. 

Atualizações como o Google Penguin foram projetadas para penalizar práticas de link building manipulativas, como a compra de links e esquemas de troca de links. 

Consequentemente, obter links de forma natural e ética tornou-se ainda mais importante para evitar penalidades e garantir uma classificação sustentável.

Quais são as Principais Técnicas de Link Building?

Existem várias técnicas eficazes de link building que podem ajudar a aumentar a autoridade do seu site e melhorar sua posição nos resultados de busca. 

1. Criação de conteúdo de alta qualidade

Criar conteúdo excepcional que outros sites queiram linkar é uma das estratégias mais eficazes e naturais de link building. Este conteúdo pode incluir:

  • Blog posts e artigos informativos: conteúdos detalhados e bem pesquisados;
  • Infográficos: visualmente atraentes e facilmente compartilháveis;
  • Guias e tutoriais: recursos educativos abrangentes;
  • Estudos de caso e pesquisas originais: dados exclusivos e insights valiosos.

2. Parcerias e colaborações

Formar parcerias estratégicas com outras empresas e influenciadores pode resultar em links valiosos:

  • Colaborações em conteúdo: criar conteúdo colaborativo, como webinars, e-books ou artigos conjuntos;
  • Troca de links: envolver-se em trocas de links moderadas e relevantes, onde faz sentido natural para ambas as partes.

3. Diretórios e listagens de negócios

Inscrever seu site em diretórios online relevantes e de alta qualidade pode gerar backlinks:

  • Diretórios de nicho: diretórios específicos do setor que têm uma boa reputação;
  • Listagens locais: sites como Google Meu Negócio, Yelp, e outros diretórios locais.

4. Recuperação de links quebrados

Essa técnica envolve encontrar links quebrados em outros sites e sugerir seu conteúdo como substituto:

  • Ferramentas de SEO: utilize ferramentas como Ahrefs ou SEMrush para encontrar links quebrados;
  • Contato com proprietários de sites: Informe-os sobre o link quebrado e sugira seu conteúdo como uma alternativa válida.

5. Mídia social e marketing de influência

A promoção do seu conteúdo nas mídias sociais e o uso de influenciadores podem aumentar a visibilidade e gerar backlinks:

  • Compartilhamento de conteúdo: utilize plataformas sociais para distribuir seu conteúdo;
  • Parcerias com influenciadores: colabore com influenciadores para que eles compartilhem e linkem seu conteúdo.

Leia também: Agência de marketing médico: qual a sua importância para o seu consultório?

Quais são os tipos de links?

Existem diferentes tipos de links, e cada um deles tem um impacto distinto na sua estratégia de SEO. Dentre os principais estão:

  • links naturais;
  • links construídos manualmente;
  • links criados por auto-promoção;
  • links internos;
  • links externos (Outbound Links);
  • links de alta qualidade;
  • links de baixa qualidade;
  • links dofollow e nofollow;
  • links patrocinados e UGC (User Generated Content).

Links naturais

Links naturais são aqueles que outros sites criam espontaneamente, sem qualquer solicitação. Eles são altamente valorizados pelos motores de busca porque indicam que o conteúdo é tão bom que outros sites o consideram digno de ser linkado.

Exemplo: um blogueiro escreve um artigo sobre um tópico específico e inclui um link para seu site como uma fonte de informação adicional.

Links construídos manualmente

Links construídos manualmente são adquiridos através de ações deliberadas de link building. Isso pode incluir pedir a outros sites que linkam para o seu conteúdo, guest blogging, ou participar de parcerias e colaborações.

Exemplo: você entra em contato com um blog relevante e solicita que eles adicionem um link para o seu site em um dos artigos deles.

Links criados por autopromoção

Links criados por autopromoção são aqueles que você cria por meio de assinaturas em fóruns, comentários de blogs, perfis de usuário em redes sociais, entre outros. 

Embora esses links possam trazer algum valor, eles geralmente são menos poderosos do que links naturais ou construídos manualmente e, se usados excessivamente, podem ser considerados spam.

Exemplo: incluir um link para o seu site na assinatura de um fórum ou em comentários de blogs.

Links internos

Links internos são links dentro do seu próprio site que conectam diferentes páginas do mesmo domínio.

Eles ajudam os motores de busca a rastrear e indexar seu site mais eficientemente e distribuem o “link juice” de forma a melhorar a classificação de páginas específicas.

Exemplo: em um artigo sobre SEO, você inclui links para outros artigos relacionados no seu blog, como “O que é SEO On-Page?” ou “Melhores Ferramentas de SEO”.

Links externos (Outbound Links)

Links externos são links que apontam para outros sites fora do seu próprio domínio.

Embora não contribuam diretamente para a autoridade do seu site, eles podem melhorar a experiência do usuário e a credibilidade do seu conteúdo ao fornecer referências úteis e relevantes.

Exemplo: em um artigo sobre link building, você inclui um link para uma pesquisa externa que suporta suas afirmações.

Links de alta qualidade

Links de alta qualidade vêm de sites com alta autoridade e relevância no seu setor. Eles são extremamente valiosos porque transferem uma quantidade significativa de “link juice” para o seu site, melhorando sua classificação nos motores de busca.

Exemplo: um link de um site de notícias renomado ou de uma universidade para o seu site.

Links de baixa qualidade

Links de baixa qualidade vêm de sites irrelevantes, de baixa autoridade ou considerados spam pelos motores de busca. Esses links podem prejudicar seu SEO se houver uma quantidade significativa deles apontando para o seu site.

Exemplo: links de fazendas de links, diretórios irrelevantes ou sites penalizados pelos motores de busca.

Links Dofollow e Nofollow

Links Dofollow são os links padrão que passam a autoridade de um site para outro. Os motores de busca seguem esses links e consideram-nos para o ranking do seu site. Exemplo: um link normal em um artigo que aponta para outra página relevante.  

Enquanto isso, os links nofollow incluem um atributo que instrui os motores de busca a não seguir o link ou passar autoridade. Eles ainda podem trazer tráfego de referência, mas não contribuem diretamente para o SEO.

Exemplo: links em comentários de blog que incluem o atributo.

Links patrocinados e UGC (User Generated Content)

Os links patrocinados são links pagos que devem incluir o atributo `rel=”sponsored”` para indicar que são resultados de um acordo comercial. Exemplo: links em posts patrocinados ou anúncios.

Em comparação, temos os links UGC (User Generated Content) que são provenientes de conteúdo gerado por usuários, como comentários de blogs e postagens em fóruns.

Como você pode ver, o link building tem um papel fundamental na sua estratégia de SEO, e pode contribuir para o seu site figurar nas primeiras posições do Google.

E agora que você já sabe o que é Link Building e sua importância na área médica, entre em contato com a EvidênciaMed. Nós ajudamos você a elevar o seu site às primeiras posições do Google!

Mais Recentes

EvidênciaMed Todos os direitos reservados